Início » Noticia » Projeto valoriza acolhimento humanizado e boas práticas na assistência
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Projeto valoriza acolhimento humanizado e boas práticas na assistência

Localização

Brasil
BR

A Assessoria de Ouvidoria do Ophir Loyola apresentou nesta terça-feira (11), o projeto “Valorização de Boas Condutas dos Servidores”. Em consonância com a Política Nacional de Humanização - Humaniza SUS do Ministério da Saúde, o projeto destacou a atuação de 71 profissionais no acolhimento e assistência humanizada, citados pelos pacientes durante a pesquisa de alta hospitalar, realizada no período de janeiro a abril deste ano.

Mensalmente, a Assessoria de Ouvidoria produz relatório para elencar o índice de satisfação, elogios, reclamações e sugestões de pacientes e/ou acompanhantes. Os dados apontaram servidores estimados pelos pacientes, que fizeram questão de citar as boas práticas recebidas durante o atendimento.

Nós, servidores públicos da área de saúde, somos protagonistas e corresponsáveis pelas práticas de humanização.

A assessora de ouvidoria, Roberta Silva, explica que o projeto será desenvolvido a cada quatro meses com o objetivo de consolidar e expandir a rede de humanização, facilitando trocas e dando visibilidade às experiências exitosas. “A efetivação das melhores práticas de atenção e gestão estimulam as trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários. Estamos não só valorizando o servidor, mas também incentivando um SUS mais humanizado, pautado nas boas práticas de atendimento”, informou a ouvidora.

O diretor clínico, Joel Monteiro de Jesus, também foi elogiado por pacientes enquanto neurocirurgião do hospital e ressaltou que o papel do servidor público está em servir à sociedade. Ele evidenciou que cada servidor é fundamental para o bom desempenho hospitalar a partir do trabalho executado com o vivo preceito de tratar pessoas com dedicação e respeito.

 “Nós, servidores públicos da área de saúde, somos protagonistas e corresponsáveis pelas práticas de humanização. Todos os dias lidamos com pessoas afetadas pelo processo de adoecimento, a maneira como são acolhidas e assistidas fazem toda a diferença e ajuda a tornar a permanência no ambiente hospitalar, menos angustiante. Daí a importância do fortalecimento de iniciativas que humanizem a relação com os usuários”, afirmou o neurocirurgião Joel Monteiro de Jesus.

O índice de satisfação da equipe e os elogios recebidos pelos servidores serão divulgados nas clínicas em que o servidor desenvolve as atividades laborais e nas demais dependências do hospital. A programação será realizada a cada quatro meses para fortalecer e incentivar a qualidade dos serviços prestados pelo hospital.

Por Leila Cruz