Início » Noticia » Hospital Ophir Loyola qualifica novos especialistas na área médica
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Hospital Ophir Loyola qualifica novos especialistas na área médica

Localização

Brasil
BR

O Hospital Ophir Loyola dará continuidade nesta sexta-feira (8) à XX Jornada Científica dos Programas de Residência Médica. A programação consiste na defesa do trabalho de conclusão dos residentes em 14 especialidades.

Os cursos, credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação e considerados de pós-graduação Latu Sensu, são: Anestesiologia, Oncologia Clínica, Cirurgia Oncológica, Cirurgia Geral, Cirurgia Geral Programa Avançado, Clínica Médica, Mastologia, Nefrologia, Neurocirurgia, Urologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Endoscopia, Hematologia e Hemoterapia e Neurologia.

A autarquia iniciou o Programa de Residência Médica em 2002, certificada como Hospital de Ensino pelo MEC em 2009, e recertificada em 2011 e 2013. Atua nas áreas de ensino, pesquisa e extensão em saúde, serve de campo de treinamento para os estudantes da graduação e oferece condições para o ensino de residência médica, de especialização em saúde e para pós-graduação e pesquisa na saúde pública.

Os programas de pós-graduação médica formam especialistas, já graduados e registrados no Conselho Regional de Medicina (CRM), para conhecimento diferenciado e de excelência. As qualificações aumentam a demanda técnico-científica atuante no mercado de trabalho, conforme explica o Coordenador da Comissão de Residência Médica do HOL, Eric Paschoal.

“Essa é uma mão de obra cada vez mais especializada, formada para lidar com as peculiaridades da nossa região. Quanto mais os nossos programas se tornam adequados e fundamentados, mais conseguimos melhorar a qualidade da assistência à população”, destaca.

A residência médica consiste num treinamento estabelecido pelas normas da Comissão Nacional de Residência Médica, que associa a prática à teoria e fez a diferença na formação de Vitor Ferreira, 26 anos. Ele cursou dois anos de especialização, apresentou o trabalho ‘Perfil epidemiológico de pacientes submetidos a hemipelvectomia em serviço de referência oncológica’. “A oportunidade de assistir pacientes do SUS traz uma gama de conhecimento técnico e científico que refletirá em mais habilidade e excelência na assistência”, afirmou o jovem.

No próximo sábado (9), Vitor receberá o certificado que o efetivará como cirurgião geral, durante a cerimônia de formatura dos 33 novos médicos especialistas qualificados pelo HOL, às 19h, no auditório do Conselho Regional de Medicina.

Por Leila Cruz