Início » Noticia » Feira do Empreendedor garante renda para servidores do Hospital Ophir Loyola
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Feira do Empreendedor garante renda para servidores do Hospital Ophir Loyola

Localização

Brasil
BR

Com o objetivo de valorizar os talentos e habilidades dos servidores da instituição e familiares, o Hospital Ophir Loyola promoveu a Feira do Empreendedor, de 13 a 17 de dezembro, no jardim interno da instituição. Essa ação de valorização incentiva os servidores públicos a  divulgarem produtos e serviços, a partir da demonstração de aptidões artísticas e culturais diferentes das funções habituais. Além de proporcionar uma oportunidade de renda extra, a iniciativa também promove a socialização entre os diferentes públicos da instituição.

Desde 2004, o evento é realizado no hospital, no entanto, devido à pandemia da Covid-19, ele foi suspenso no ano de 2020, e no primeiro semestre de 2021. A programação retornou agora em dezembro e segue todos os protocolos sanitários determinados no Programa de Retomada Gradual das Atividades Econômicas no Estado do Pará (RETOMAPARÁ). 

Este ano, a feira do empreendedor traz expositores com trabalhos em artesanato, bijuterias, topos de bolo, porcelanato, produtos pessoais e para a casa. Rosana Belém, 54 anos, casada com o maqueiro Ney Alvez, tem paixão pela confecção de bijuterias. Ela descobriu a vocação quando ficou grávida do primeiro filho, há 22 anos, para auxiliar na renda da família.

“Hoje meu filho está terminando a faculdade e foi através da venda de bijuterias que obtive recursos para investir nos estudos dele. Além disso, eu vejo a minha arte não só como lucro financeiro, mas também como uma terapia para mim, me acalma, me faz desenvolver habilidades motoras e mentais”, contou Rosana.

A servidora Marlene Fonseca, 50 anos, expôs mercadorias de cuidados com o corpo. “Eu consigo ter uma renda extra muito boa, pois os produtos proporcionam um bem-estar, tanto para a pessoa quanto para o ambiente. Existem diversos produtos, como perfumes, hidratantes corporais, aromatizantes de ambiente que têm uma boa procura”, declarou a servidora. 

Os expositores podem escolher dois dias para participar da feira, a demanda é grande e foi preciso dividi-los entre os cinco dias. “Iniciou como uma Feira de Talentos, com foco no artesanato, porém com a grande procura sentimos a necessidade de ampliar e dividir os dias para que todos inscritos possam participar e para que mais pessoas tivessem a oportunidade de negócios”, afirmou Sildete Cruz, coordenadora da programação. 

*Texto de Viviane Nogueira (Ascom / HOL)