Início » Noticia » Atendimento Psicossocial Completa 30 anos no Ophir Loyola
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Atendimento Psicossocial Completa 30 anos no Ophir Loyola

Localização

Brasil
BR

A ciência que investiga as causas do comportamento, compreende e analisa os indivíduos com a finalidade de solucionar problemas comportamentais, a psicologia hospitalar é fundamental para a promoção e manutenção da saúde. Em 04 de junho de 1990 duas psicólogas iniciaram as atividades no hospital Ophir Loyola por meio de interconsultas, mas devido ao aumento da demanda e à referência do hospital em oncologia, houve a necessidade de expandir o serviço que completa 30 anos.

Em 2000, o Ministério da Saúde determinou que os serviços de oncologia credenciados pelo Sistema Único de Saúde contassem com psicólogo, considerando a necessidade de cuidar dos aspectos emocionais envolvidos no adoecimento por câncer. Atualmente, a psicologia do HOL conta com uma divisão com 32 profissionais atuantes em todas as clínicas do hospital diariamente.

O tratamento oncológico tem duração de médio a longo prazo, o fenômeno do adoecimento que ameaça a continuidade da vida, pode gerar diversas manifestações psicológicas. Segundo a chefe da Divisão de Psicologia do HOL, Rivonilda Graim, o reconhecimento de questões que vão além da cura da parte física, traz vários benefícios em relação ao tratamento das doenças.  

O câncer é uma doença carregada de estigmas, mesmo com a evolução da medicina, o enfrentamento da doença não é fácil. “Além do paciente, a família também sofre, surgem dúvidas, ansiedade, angústia, incertezas quanto ao futuro e medo que podem influenciar na dinâmica familiar, na autoimagem, mudança de rotina e até na forma como o enfermo enfrentará a doença”, elucida a psicóloga.

Rivonilda ressalta que a psicologia hospitalar é necessária frente a qualquer situação de adoecimento. “Durante o enfrentamento do câncer, o paciente muitas vezes se deprime, tanto ele quanto a família precisam ser assistidos. Esse acompanhamento é realizado desde o ingresso no programa até a alta, visando favorecer o tratamento e a reabilitação psicossocial", explica.

Por Lívia Soares