Início » Noticia » Hospital Ophir Loyola recebe mais de 60 novos residentes
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Hospital Ophir Loyola recebe mais de 60 novos residentes

Localização

Brasil
BR

O Hospital Ophir Loyola (HOL) promoveu, na manhã desta segunda-feira (2), a Jornada de Acolhimento dos Programas de Residência. Um total de 67 novos residentes iniciaram especializações nas áreas médica, uniprofissional cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial, multiprofissional oncologia - cuidados paliativos e uniprofissional de enfermagem em atenção ao câncer.

A cerimônia é realizada desde 2005, contudo, o envolvimento com o ensino e a pesquisa iniciou antes, ainda na década de 70, quando foi criada a Faculdade de Medicina que, posteriormente, deu origem à Universidade Estadual do Pará. Após alguns anos, a autarquia recebeu do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação a certificação de Hospital de Ensino, garantia federal de que é capacitada para essa atividade, sendo vinculada à Universidade do Estado do Pará (Uepa).

O diretor-geral do HOL, José Roberto Lobato de Souza, enfatizou a importância dos Hospitais de Ensino para o Estado. "A produção de conhecimento e a qualificação dos residentes compõe um patrimônio imaterial desta autarquia, que é levar à sociedade profissionais preparados ao mercado de trabalho, por intermédio da teoria somada à prática. O hospital é um espaço indispensável à formação dos discentes da área de saúde. Ao longo dos anos, temos defendido um legado de valorização do conhecimento, do profissional de saúde e do SUS", disse.

Durante o evento, foram apresentados o regimento interno, o perfil de assistência, os serviços e a estrutura física do hospital, com objetivo de se familiarizarem e poderem atender à crescente demanda, em função do aumento do número de diagnósticos de câncer com postura profissional ética e humana.

Thássia Lima, nova residente do programa de terapia ocupacional, falou da vontade em trabalhar no HOL. "Desde quando entrei na universidade, trazia o desejo de ser residente de cuidados paliativos aqui no Ophir Loyola, principalmente pelo meu histórico familiar, pois muitos parentes tiveram câncer. Hoje estou muito feliz por ter entrado para o programa. Trago o meu conhecimento da graduação a fim de contribuir e aprender ainda mais", relatou.

A expectativa de Camila Vasconcelos também é grande, ela ingressou no programa de Oncologia Clínica. "Sempre quis fazer oncologia, acredito que uma instituição que é referência na região Norte vai contribuir muito para minha formação. Estou muito ansiosa".

Segundo a diretora de Ensino e Pesquisa, Tereza Azevedo, contribuir com o desenvolvimento do SUS e com a melhoria das condições de saúde da população é um desafio assumido por todos os Hospitais de Ensino. “Quando o profissional conclui a especialização no HOL, é muito requisitado lá fora. E isso é motivo de orgulho para nós. Trabalhamos para que saíam aptos a desenvolver uma atuação de excelência”, ressaltou.

 

Por Lívia Soares