Início » Content » Banco de Olhos
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Banco de Olhos

No Pará, o recolhimento, a preservação e a destinação de córneas é realizado pelo Banco de Olhos do Ophir Loyola em consonância com a Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO) para atendimentos da rede particular e SUS. A instituição também realiza transplantes e oferece ambulatório aos pacientes no pré e pós transplantes. A captação é efetivada após constatada a morte cerebral do doador com exames como arteriografia e eletroencefalograma e mediante a autorização pelos familiares até seis horas após o óbito. Quando é confirmada a doação, a equipe é acionada para fazer a captação e o armazenamento dos tecidos, que têm um prazo máximo de aproveitamento de 14 dias.

O material recolhido passa por um processo rigoroso de controle para checar a presença ou não de corpos estranhos, infecção ou lesão e exames sorológicos antes de ser retirada do globo ocular. Após todos os exames e os resultados sendo adequados, a Comissão Intra-hospitalar de Órgãos e Tecidos para Transplantes – CIHDOTT entra em contato com a Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO) do Pará, que verifica o candidato na fila de espera.